Detalhes da ação

"Saúde na ponta da língua: descomplicando temas médicos"

Sobre a Ação

Nº de Inscrição

202103000056

Tipo da Ação

Prestação de Serviço

Situação

RECOMENDADA :
EM ANDAMENTO - Normal

Data Inicio

22/04/2021

Data Fim

26/05/2021


Dados do Coordenador

Nome do Coordenador

franciane pereira brant

Caracterização da Ação

Área de Conhecimento

Ciências da Saúde

Área Temática Principal

Saúde

Área Temática Secundária

Educação

Linha de Extensão

Espaços de ciência

Abrangência

Nacional

Gera Propriedade Intelectual

Não

Vínculada a Programa de Extensão

Não

Envolve Recursos Financeiros

Não

Ação ocorrerá

Fora do campus

Período das Atividades

Integral

Atividades nos Fins de Semana

Sim


Redes Sociais

hhhhh
hhhhhhhhhhh
@horadasaude
Outras Redes Sociais

Spotify: https://open.spotify.com/show/6lNVhmBqcJeitmug9CbOEq?si=M7x3-ltLSXC9ZGkV_847Sg Soundcloud: https://soundcloud.com/programa-hora-da-saude

Membros

Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 20 h
Resumo

É uma proposta direcionada à comunidade em geral, principalmente a pessoas leigas em assuntos da saúde, com a finalidade de propagar o conhecimento científico. A Liga de Ciências Morfofuncionais Aplicadas, em parceria com o projeto de extensão "Hora da Saúde", produzirá mídias no formato “podcast” na plataforma “Spotify”, desconstruindo e desmistificando temas corriqueiros e complexos da saúde, de forma a promover um conteúdo acessível a ser divulgado nas mídias sociais.


Palavras-chave

Acesso à Informação de Saúde; Educação em Saúde; Aprendizagem Online.


Introdução

O ensino-aprendizado em redes digitais favorece a autonomia e personalização do aprendizado do indivíduo, com um ambiente criativo e colaborativo (DA SILVA, 2010). Os assuntos relacionados à saúde, por serem temas em sua maioria de alta complexidade ou exigirem um conhecimento prévio de anatomia e fisiologia do corpo humano, por muitas vezes permanecem sob domínio apenas de profissionais da área. De maneira a promover a popularização da ciência, que é a transposição de conceitos, ideias e textos científicos para a linguagem popular e de fácil acesso (MUELLER, 2002), o ensino-aprendizado em redes digitais pode ser um grande aliado no ensino de assuntos da área da saúde, pois permitem a visualização, através de ilustrações, do conteúdo a ser aprendido. Além disso, as redes digitais, por ser um ambiente colaborativo e criativo, estimulam o conhecimento e auxiliam na propagação do conhecimento científico, podendo ser aliadas na desmistificação relacionada a temas médicos. Considerando a perspectiva de utilização das redes digitais/sociais para a difusão de informações sobre saúde, esta ação pretende promover a popularização da educação, de forma a estimular o conhecimento e o autocuidado, além de desconstruir temas complexos e abordá-los de forma clara, aproximando a universidade da sociedade.


Justificativa

A Extensão Universitária é um importante instrumento de propagação do conhecimento científico de forma ativa e proporciona um diálogo entre a sociedade e a Universidade, de forma a superar as condições de desigualdade e exclusão existentes e propagar seu conhecimento, impactando na qualidade de vida das pessoas (RODRIGUES et al., 2013). Assim, como descrito por Lopes et al. (2020) sobre a importância da utilização das histórias em quadrinhos no contexto de popularização do uso racional de medicamentos, a utilização de vídeos e conteúdos audiovisuais são maneiras de contribuir para a popularização da saúde. É importante salientar que a popularização da saúde é fundamental no processo de Educação em Saúde que envolve a necessidade da população em construir seus conhecimentos em saúde e autonomia nos cuidados (FALKENBERG et al. 2014). A Liga de Ciências Morfofuncionais, em parceria com o Programa Hora da Saúde, com o objetivo de contribuir para a popularização da saúde e acesso ao conhecimento científico à toda sociedade externa ao meio universitário, promoverá a divulgação de temas da saúde, através das redes digitais, de maneira a abordar mecanismos fisiológicos do organismo e fisiopatológicos de doenças e contribuir para os processos de disseminação da informação, autoconhecimento e autocuidado. Esta ação sempre terá como intuito final a divulgação e popularização de informações científicas para a promoção da saúde.


Objetivos

• Apresentar à comunidade externa, de forma clara e acessível, os mecanismos fisiopatológicos de doenças e funcionamento de vacinas; • Compartilhar informações e disseminar o conhecimento, que na sua maioria, se concentram entre os profissionais da saúde; • Impactar positivamente a população-alvo, pois, com a familiarização dos temas, os mecanismos dessas patologias serão mais conhecidos e evitados.


Metas

- Levar informação de qualidade à população local com relação a assuntos de saúde que podem melhorar a qualidade de vida das pessoas; - Auxiliar na compreensão de fisiopatologias comuns no dia a dia e escutados com frequência em situações corriqueiras, como o caso das varizes e das vacinas, que estão em alta no cenário atual de pandemia; - Promover conhecimento de maneira interdisciplinar, abrangendo os diferentes campos das ciências morfofuncionais e da clínica médica de forma a esclarecer dúvidas frequentes da comunidade local; - Promover a popularização do conhecimento de forma clara e simples para pessoas leigas; - Estimular o diálogo entre os membros do projeto e a comunidade externa à universidade, de maneira a aproximar os discentes, futuros profissionais da saúde com a população local de Teófilo Otoni e região; - Estimular o autocuidado e a maior percepção do corpo humano.


Metodologia

Para a produção dos conteúdos, serão elaborados roteiros prévios às produções audiovisuais acerca de cada tema, com as explicações anatômicas e fisiopatológicas de cada assunto, baseados em referências bibliográficas confiáveis e atualizadas. Após a construção dos roteiros, estes serão revisados e aprovados, para que, apenas após a aprovação, sejam gravados, editados e veiculados. Durante a elaboração dos conteúdos, a duração média de exibição será aproximadamente 10 minutos, de áudio ou vídeo, a depender da complexidade de cada tema, pois pode ser necessária a utilização de recursos visuais para a demonstração de mecanismos fisiopatológicos. Após a gravação dos conteúdos, estes serão editados em plataformas de edição de áudio, de maneira a fazer possíveis correções quanto a altura do microfone ou retirada de ruídos externos. Depois de passar pela edição do conteúdo, a mídia criada será novamente avaliada e, então, disponibilizada. A duração e forma do conteúdo de mídia digital será elaborado de forma que possam ser divulgados nas plataformas do Instagram do Programa Hora da Saúde e da Liga de Ciências Morfofuncionais Aplicadas e na conta do Spotify, na forma de podcast. A divulgação em mais de uma página permitirá o maior acesso do público ao conteúdo postados. O acompanhamento do acesso aos conteúdos será feito através da análise do número de curtidas e comentários das produções audiovisuais, além do número de reproduções dos podcasts.


Referências Bibliográficas

DA SILVA, Siony. Redes sociais digitais e educação. Revista Iluminart, v. 1, n. 5, 2010. FALKENBERG, Mirian Benites et al. Educação em saúde e educação na saúde: conceitos e implicações para a saúde coletiva. Ciência & Saúde Coletiva, v. 19, p. 847-852, 2014. LOPES, Luis Phillipe Nagem et al. Histórias em quadrinhos para a popularização do uso racional de medicamentos. Interfaces-Revista de Extensão da UFMG, p. 147-184, 2020. MUELLER, Suzana Pinheiro Machado. Popularização do conhecimento científico. Revista de Ciência da Informação, v.3 n.2, abr/2002. RODRIGUES, Andréia Lilian Lima et al. Contribuições da extensão universitária na sociedade. Caderno de Graduação-Ciências Humanas e Sociais-UNIT-SERGIPE, v. 1, n. 2, p. 141-148, 2013.


Interação dialógica da comunidade acadêmica com a sociedade

O projeto trabalhará com a divulgação de temas da saúde, através das redes digitais, de maneira a abordar mecanismos fisiológicos do organismo e fisiopatológicos de doenças e contribuir para os processos de disseminação da informação, autoconhecimento e autocuidado para a população. Tal ação promoverá uma aproximação dos acadêmicos, através da criação dos conteúdos nas mídias digitais, meio muito utilizados pela sociedade, com a comunidade externa, de forma a contribuir para a troca de conhecimentos, visando a promoção da saúde. Assim, o projeto permitirá um diálogo e uma troca de conhecimentos acadêmicos com a sociedade, com uma linguagem simples e de fácil entendimento, promovendo a saúde e popularizando as ciências, muitas vezes restritas às universidades.


Interdisciplinaridade e Interprofissionalidade

As informações trazidas pela ação de extensão serão compartilhadas para estudantes e profissionais de várias áreas da saúde, além de profissionais de diferentes áreas. Ademais, os temas serão atualizados e terão como uma das finalidade promover a integração de conteúdos de diferentes disciplinas da área médica, desde o conhecimento anatômico até os aspectos fisiopatológicos de diversas doenças, para que, assim, integrando diferentes disciplinas, de maneira clara e com a linguagem simples, possa-se propagar a informação a população geral.


Indissociabilidade Ensino – Pesquisa – Extensão

O projeto visa a divulgação das informações para toda sociedade externa e a integração da mesma com o meio universitário. Além disso, promoverá aos próprios estudantes participantes do projeto uma maneira diferente de aprendizado e revisão dos conteúdos abordados na faculdade. Todas as informações utilizadas serão de base científica e o impacto do projeto poderá ser analisado e publicado em eventos acadêmicos.


Impacto na Formação do Estudante: Caracterização da participação dos graduandos na ação para sua formação acadêmica

A ação de extensão é uma importante ferramenta no processo de formação do estudante, pois estimula a autonomia no processo de busca de conhecimento científico para estudo e entendimento dos assuntos abordados. Além disso, irá promover ao estudante o contato com a população externa ao meio universitário, o que proporcionará maior fluidez, clareza e confiança na sua atuação profissional.


Impacto e Transformação Social

Com a crescente utilização das redes digitais/sociais para a difusão de informações sobre saúde, este projeto pretende promover a popularização da educação, de forma a estimular o conhecimento e o autocuidado, além de desconstruir temas complexos e abordá-los de forma clara para a comunidade. O projeto visa estimular o acesso ao conhecimento científico à toda a população, contribuindo para a transformação social ao estimular a população a aprender mais sobre a própria saúde e com isso transmitir o conhecimento a mais pessoas promovendo a mudança de hábito e a adoção de comportamentos mais saudáveis.


Divulgação

A divulgação dos conteúdos criados na ação acontecerá de forma virtual, nas mídias digitais/sociais do programa Hora da Saúde, de forma a atingir um público mais amplo e heterogêneo, a fim de contribuir para a popularização da educação em saúde.


Público-alvo

Descrição

Pessoas leigas em assuntos que envolvam a saúde em geral em cuidados e prevenção de doenças simples que queiram entender melhor esses mecanismos fisiológicos para melhorar os hábitos e a qualidade de vida; Profissionais de diferentes áreas de atuação, além dos da saúde;

Municípios Atendidos

Município

Teófilo Otoni - MG

Parcerias

Nenhuma parceria inserida.

Cronograma de Atividades

Carga Horária Total: 20 h

Carga Horária 4 h
Periodicidade Semanalmente
Período de realização
  • Manhã;
  • Tarde;
  • Noite;
Descrição da Atividade

Descrição da atividade: A primeira produção audiovisual contará com a produção de um roteiro acerca do assunto abordado. Com a construção do roteiro, será feita a gravação do conteúdo audiovisual e posteriormente a sua edição. Após a finalização da produção audiovisual, será feita sua publicação.

Carga Horária 4 h
Periodicidade Semanalmente
Período de realização
  • Manhã;
  • Tarde;
  • Noite;
Descrição da Atividade

A segunda produção audiovisual contará com a produção de um roteiro acerca do assunto abordado. Com a construção do roteiro, será feita a gravação do conteúdo audiovisual e posteriormente a sua edição. Após a finalização da produção audiovisual, será feita sua publicação.

Carga Horária 4 h
Periodicidade Semanalmente
Período de realização
  • Manhã;
  • Tarde;
  • Noite;
Descrição da Atividade

A terceira produção audiovisual contará com a produção de um roteiro acerca do assunto abordado. Com a construção do roteiro, será feita a gravação do conteúdo audiovisual e posteriormente a sua edição. Após a finalização da produção audiovisual, será feita sua publicação.

Carga Horária 4 h
Periodicidade Semanalmente
Período de realização
  • Manhã;
  • Tarde;
  • Noite;
Descrição da Atividade

A quarta produção audiovisual contará com a produção de um roteiro acerca do assunto abordado. Com a construção do roteiro, será feita a gravação do conteúdo audiovisual e posteriormente a sua edição. Após a finalização da produção audiovisual, será feita sua publicação.

Carga Horária 4 h
Periodicidade Semanalmente
Período de realização
  • Manhã;
  • Tarde;
  • Noite;
Descrição da Atividade

A quinta produção audiovisual contará com a produção de um roteiro acerca do assunto abordado. Com a construção do roteiro, será feita a gravação do conteúdo audiovisual e posteriormente a sua edição. Após a finalização da produção audiovisual, será feita sua publicação.