Detalhes da ação

Rastreio de sintomas depressivos em idosos na comunidade

Sobre a Ação

Nº de Inscrição

202103000183

Tipo da Ação

Evento

Situação

RECOMENDADA :
EM ANDAMENTO - Normal

Data Inicio

03/11/2021

Data Fim

18/11/2021


Dados do Coordenador

Nome do Coordenador

camila de lima

Caracterização da Ação

Área de Conhecimento

Ciências da Saúde

Área Temática Principal

Saúde

Área Temática Secundária

Educação

Linha de Extensão

Saúde Humana

Abrangência

Municipal

Gera Propriedade Intelectual

Não

Vínculada a Programa de Extensão

Não

Envolve Recursos Financeiros

Não

Ação ocorrerá

Fora do campus

Período das Atividades

Tarde

Atividades nos Fins de Semana

Não


Redes Sociais

@lapsam.fammuc

Membros

Tipo de Membro Interno
Carga Horária 26 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 26 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 26 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 26 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 26 h
Tipo de Membro Interno
Carga Horária 26 h
Resumo

O objetivo do minicurso é realizar capacitação de profissionais da área da saúde e acadêmicos de cursos da área da saúde, para rastreio de sintomas depressivos em idosos. A iniciativa é importante para o processo de capacitação e instrumentalização dos inscritos, para o rastreio oportuno de idosos com sintomas depressivos na comunidade.


Palavras-chave

Atenção Primária à Saúde, Depressão, Idoso


Introdução

A mudança na expectativa de vida nas últimas décadas provocou uma transformação notável no perfil etário global. A proporção de pessoas com 60 anos ou mais, cresce rapidamente, mais do que qualquer outra faixa etária em todo o mundo. No Brasil a população idosa já ultrapassa 20 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, o que representa aproximadamente 10% da população e com estimativas para atingir mais de 32 milhões de idosos em 2025. As mudanças no perfil demográfico e epidemiológico fazem parte de um amplo conjunto de transformações que incluem o declínio das altas taxas de natalidade; o aumento progressivo da expectativa de vida ao nascer e em idades mais avançadas e a modificação nas principais causas de adoecimento e morte. Nota-se ainda que há uma inversão das doenças infecciosas e parasitárias para as doenças não transmissíveis e doenças crônicas (WHO, 2011; MORAES, 2012). Entretanto, o envelhecimento não é um processo apenas físico, há de ressaltar o processo biopsicossocial que também é fator determinante para qualidade de vida. Neste paradigma é importante ressaltar uma estatística silenciosa, pouco falada e muito prevalente: a depressão em idosos (SOUSA et al., 2014). A depressão é o transtorno mental mais prevalente em vários países do mundo e está associada com o comprometimento funcional e elevadas taxas de morbidade e mortalidade (SILVA et al., 2014). A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que mais de 300 milhões de pessoas no mundo possuem depressão, dos quais somente menos da metade têm acesso a tratamento. A previsão para 2030 é que a depressão se tornará a principal carga global total de doenças (WHO, 2012).


Justificativa

A investigação de sintomas depressivos em idosos torna-se de relevância para a identificação dos casos de depressão na comunidade e verificação do padrão de ocorrência, pois de maneira geral profissionais da área de saúde percebem os sintomas depressivos como aparecimentos habituais do processo de envelhecimento, ou os confundem com tristeza, ansiedade e manifestações comuns das doenças de bases pré-existentes nessa faixa etária. A atenção primária à saúde constitui-se como a principal via de acesso e porta de entrada dos idosos no Sistema Único de Saúde (SUS), desta maneira a capacitação de profissionais para o rastreio de sintomas depressivos em idosos é uma importante estratégia para o diagnóstico precoce e implementação do tratamento adequado. É essencial que os profissionais da área de saúde utilizem instrumentos adequados para a identificação e diferenciação dos sintomas depressivos e dos fatores associados com a sua presença. Desta forma, o uso sistemático de escalas que auxiliem na identificação de depressão em idosos, pode facilitar a detecção precoce dos casos presentes na comunidade. Identificar os fatores correlacionados com os sintomas depressivos em idosos é de suma importância, uma vez que ajuda na formulação e aplicação de políticas de atenção à saúde direcionadas para os idosos, no caso, em Teófilo Otoni (estratégias relacionadas com a prevenção, diagnóstico precoce e tratamento adequado da depressão na população idosa, com intervenção nos fatores associados aos sintomas depressivos).


Objetivos

Objetivo Geral: Realizar capacitação profissionais da área da saúde e acadêmicos de cursos da área da saúde, para o rastreio de sintomas depressivos em idosos na comunidade. Objetivos específicos: Fomentar o processo de aproximação da comunidade acadêmica com os profissionais do serviço da área de saúde de Teófilo Otoni; Possibilitar divulgação de informações científicas sobre o processo de envelhecimento e rastreio de sintomas depressivos em idosos; Contribuir com a educação permanente de profissionais da área da saúde de Teófilo Otoni.


Metas

- Realizar capacitação dos inscritos através do momento síncrono. - Realizar reuniões para a organização e planejamento da oferta do minicurso. - Organizar a plataforma para divulgação do evento, recepção das inscrições, transmissão do momento síncrono e recepção de feedback do evento.


Metodologia

O evento ocorrerá na modalidade online, a transmissão síncrona no dia 03 de novembro de 2021. A transmissão do evento será realizada pelo ambiente virtual de uma sala do Google Meet, onde será abordado a temática do minicurso, possibilitando a interação com os participantes. Os inscritos no evento receberão previamente o link de acesso à sala com as informações necessárias para realização do acesso e materiais utilizados na apresentação. Será disponibilizado no ambiente virtual, a possibilidade de realização de perguntas ou apresentação de dúvidas através do chat ou através de áudio/vídeo, possibilitando assim a interação em tempo real entre os participantes. As inscrições serão realizadas pela plataforma Even3, no qual estarão inseridas as informações do evento, assim como demais orientações. Será gerada uma lista dos inscritos para que informações relevantes antes e durante a realização do evento sejam enviadas por e-mail. O vídeo do minicurso ficará disponível de forma online por 15 dias, contados a partir do dia da apresentação síncrona. Possibilitando assim que os inscritos que não conseguirem assistir o minicurso de forma síncrona, tenham acesso ao conteúdo. A confirmação da presença será feita a partir da assinatura da lista de presença que será apresentada para assinatura dos participantes durante a realização do evento e disponível durante o período de tempo que o mesmo estiver acessível. As reuniões de planejamento que antecedem o evento e relacionam-se com a organização do mesmo, serão realizadas através do Google Meet, com duração média de uma hora. Além disso, haverá contato entre os membros da comissão organizadora por meio de grupo no WhatsApp criado para esse objetivo, para que se estabeleça a comunicação e o planejamento constantes da organização do evento.


Referências Bibliográficas

MORAES, E. N. Atenção à saúde do Idoso: Aspectos Conceituais. Brasília (DF): Organização Pan-Americana da Saúde.98 p, 2012. Disponível em: < https://apsredes.org/pdf/Saude-do-Idoso-WEB1.pdf >. Acesso em: 01 out. 2021. SILVA, M. T. et al. Prevalence of depression morbidity among Brazilian adults: a systematic review and meta-analysis. Revista Brasileira de Psiquiatria. v.36, n. 3, p. 262–270, 2014. Disponível em:< https://www.scielo.br/j/rbp/a/FZKH9JvhmhNLgyCfPjVt9hr/?lang=en >. Acesso em: 01 out. 2021. SOUSA, G. S. et al. Circunstâncias que envolvem o suicídio de pessoas idosas. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, v. 18, n. 49, p.389-342, 2014. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/icse/a/gzbVSwRmpY3cF74HJyFwFJK/?lang=pt >. Acesso em: 01 out. 2021. WORLD HEALTH ORGANIZATION – WHO. Global health and aging. National Institute on Aging (NIA) and National Institute of Health (NIH) 2011 In english. Disponível em: <http://www.who.int/ageing/publications/global_health.pdf> Acesso em: 01 out. 2021.


Interação dialógica da comunidade acadêmica com a sociedade

O evento: Rastreio de sintomas depressivos em idosos na comunidade, possibilitará a troca de conhecimentos entre estudantes do curso de medicina da Faculdade de Medicina do Mucuri e profissionais da área da saúde da rede de saúde de Teófilo Otoni – MG. Durante a realização do evento, o compartilhamento de experiências e o estabelecimento do diálogo entre os segmentos citados possibilitará o fortalecimento do vínculo entre a Universidade e a Comunidade, fomentando, dessa forma, o importante papel da extensão universitária.


Interdisciplinaridade e Interprofissionalidade

O evento: Rastreio de sintomas depressivos em idosos na comunidade, abordará a temática multidisciplinar do processo de entendimento da saúde integral da pessoa idosa, com enfoque na abordagem do rastreio dos sintomas depressivos em idosos na comunidade. O tema tratado é de relevância para os estudantes do curso da área da saúde e para os profissionais da área de saúde, por possibilitar um entendimento integral do aspecto do envelhecimento e abordagem precoce aos idosos que apresentem sintomas depressivos. Dessa maneira, a atividade possibilitará a aproximação universidade e profissionais da área da saúde, o que se configura como uma importante ferramenta, uma vez que, a atuação dos profissionais de saúde em geral é pautada em uma abordagem que envolve uma equipe multiprofissional, sendo impossível dissociar a ação dos diversos segmentos da área da saúde.


Indissociabilidade Ensino – Pesquisa – Extensão

O evento trata-se de uma atividade de extensão, visto que ultrapassa os muros da universidade, através da interação entre os estudantes e profissionais da área da saúde do município de Teófilo Otoni. Entretanto, não deixa de envolver o ensino e a pesquisa, pois é voltado também ao aprendizado dos alunos por meio da apresentação de informações e atualizações sobre rastreio de sintomas depressivos em idosos na comunidade. A participação dos inscritos no evento poderá fomentar a realização de eventos, pesquisas e ações futuras para abordagem da temática.


Impacto na Formação do Estudante: Caracterização da participação dos graduandos na ação para sua formação acadêmica

A atividade prevê, dentre outros aspectos, orientar os acadêmicos participantes quanto às oportunidades existentes durante a graduação que visam enriquecer o processo de formação, ajudando a instrumentalização técnica e científica. Dessa forma, o evento possibilitará para os futuros profissionais um olhar diferenciado sobre a temática do envelhecimento e a depressão em idosos.


Impacto e Transformação Social

O evento é direcionado ao aprimoramento do processo de formação acadêmica e educação permanente dos profissionais de saúde. Tendo em vista que o público-alvo já atua ou atuará nos diversos níveis de atenção à saúde, a atividade tem impacto direto e positivo na comunidade como um todo, por instrumentalizar os participantes a realizarem o rastreio dos idosos depressivos na comunidade. Além disso, as discussões desenvolvidas durante o evento serão baseadas em evidências científicas, prezando pelo fortalecimento e valorização da ciência enquanto norteadora do aprendizado e da prática profissional, o que se trata de um importante papel da universidade dentro do corpo social no qual está inserida.


Divulgação

A divulgação do evento ocorrerá por meio da confecção de folders digitais e textos que serão publicados no perfil do Instagram da Liga Acadêmica de Medicina e Saúde Mental - Lapsam (@lapsam.fammuc). Será encaminhado um e-mail com o folder digital do evento para a secretaria municipal de saúde de Teófilo Otoni, com as informações e orientações sobre o evento. As publicações trarão informações referentes à abertura e duração do período de inscrições para o evento e demais orientações.


Programação do Evento

Local

Online

Data

03/11/2021

Horário de Início

16:00

Horário de Término

18:00


Descrição

Realização do evento "Rastreio de sintomas depressivos em idosos na comunidade"

Público-alvo

Descrição

Estudantes pertencentes a qualquer curso da área da saúde, independente da instituição de ensino de origem.

Descrição

Profissionais de qualquer campo de atuação da área da saúde, ativos ou não no serviço de saúde de Teófilo Otoni.

Descrição

Docentes e técnicos administrativos da UFVJM e de outras instituições públicas e privadas.

Municípios Atendidos

Município

Teófilo Otoni - MG

Parcerias

Nenhuma parceria inserida.

Cronograma de Atividades

Carga Horária Total: 26 h

Carga Horária 5 h
Periodicidade Semanalmente
Período de realização
  • Tarde;
Descrição da Atividade

Serão realizadas reuniões dentro da comissão organizadora do evento para planejar a execução das atribuições designadas a cada um dos membros.

Carga Horária 1 h
Periodicidade Anualmente
Período de realização
  • Tarde;
Descrição da Atividade

Momento para discussão sobre a realização do evento, com levantamento dos pontos positivos e pontos possíveis de alteração para os próximos eventos.

Carga Horária 8 h
Periodicidade Diariamente
Período de realização
  • Tarde;
Descrição da Atividade

A divulgação do evento abrange a criação e gerenciamento de plataformas digitais nas quais será realizada a divulgação por meio de publicações, a elaboração de um folder para o evento, e interação na plataforma digital

Carga Horária 6 h
Periodicidade Semanalmente
Período de realização
  • Tarde;
Descrição da Atividade

Envolve a escrita e a realização do registro do evento na plataforma SIEXC, o estabelecimento de contato com a direção da Faculdade de Medicina do Mucuri e com a secretaria municipal de saúde de Teófilo Otoni, de acordo com as demandas que envolvem esses órgãos.

Carga Horária 6 h
Periodicidade Diariamente
Período de realização
  • Tarde;
Descrição da Atividade

Envolve a transmissão do minicurso, com a edição do vídeo, inserção do vídeo na plataforma, conferência de disponibilidade e acesso do vídeo durante o período liberado para acesso.